Minha lista de blogs

domingo, 28 de setembro de 2014

O JOIO EO TRIGO

Já não serás minha destra, nem se regozijaras a minha sombra
não terás meu ombro como apoio serei o joio sem cuidado arrancado
e você será o trigo com zelo cultivado, serás tratada a boa mão.
                                                                                                                      
Eu serei apenas uma esquecida canção, não terás lembranças
minhas, serei imperceptível algo negro na escuridão,
e assim como joio que sou, me submeto ao fogo sem culpa e sem perdão
e você como um bom trigo cresceras na mais bela perfeição, terás a lua como amiga
e o sol o seu guardião.
                                                                                                                
 Não terei noticias sua pois serei cinzas, fragmentos sem direção
um leve desespero habitara meu coração, e quem sabe o nobre vento
perceba meu desalento e me leve até você, posso ser nada, cinzas do joio queimado, mas só estando ao seu lado é que consigo viver.