Minha lista de blogs

sexta-feira, 3 de fevereiro de 2012

ausencia do amor




Nuvens  destorcidas, num   fatídico   amanhecer   indesejado, contrariados  meus olhos veslubram  o que outrora ,tinha  vida  alegria e luz, hoje  é sombra , hoje é cruz, nada brilha ,tudo é opaco, cochichos  repugnantes, restos cacos, orgulho rasgado, tudo que tinha virtude,engolido pelo passado.
                                                                                                                     Pensamentos, indefinidos dançam, em  sarcástica  sinfonia, na ausência do sol, em minha mente sombria,                                                                                          fico  preso em meu, próprio cativeiro, procuro a essência como agulha em palheiro,preciso acordar pra vida, alguém me diga quem sou, não  tenho pressa  pois na xícara o café esfriou,como tudo também já perdeu o sabor, nada tem sentido,  dia pálido sem cor,  preciso renascer, preciso viver e redescobrir  o  amor.